sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

OPINIÃO: ESCLARECIMENTO

Cumpre-me esclarecer ao cidadão, que se apresenta com o nome de Ilídio Vieira Té, que na passada segunda-feira, dia 15 do corrente, expôs no vosso prezado blog (Progresso nacional), o que lhe vai na alma, relativamente aos problemas da energia elétrica na Guiné-Bissau, os quais, muito zelosamente, alguém se dignou advertir-me, na esperança, de que, talvez pudesse trazer alguma luz face às voluntárias imprecisões aí contidas, as quais só Deus sabe com que intenções.

Como todos sabem, a pequenez do nosso meio social é de tal ordem, que não tardei em aperceber-me da verdadeira identidade da personagem que se esconde por detrás do pseudónimo Ilídio Vieira Té, o que me leva a seguinte pergunta:

Se, implicitamente, no seu douto texto, reconhece o exercício da democracia no nosso país, quando afirma que elege, por que razão ainda se refugia atrás de pseudónimos para vilipendiar e caluniar outros com falsidades? Ainda que com alguma dificuldade, se reconheça, numa espécie de mea culpa, que não é da sua vontade exigir a demissão do ministro da energia, não hesitou, contudo, em transpô-la despudoradamente para o papel. 

Aqui sim, as intenções são bem terrenas e calculistas. Até porque, e obedecendo a uma estratégia diabólica, estas intenções, já tinham sido veiculadas num programa radiofónico, para que em crescendo ganhem a dimensão e ruídos tão grandes, se possam depois consolidar em facto político. E a tradução é simples, tornar o secretário-geral do PRS e ministro da energia, num bode expiatório das desgraças que o ainda défice de energia causa às populações de Bissau.

Para seu governo, tomo a liberdade de lhe informar que nos quarenta de existência do Estado guineense nenhum outro governante fez tanto para a energia na cidade de Bissau, o que aliás, se acabará por verificar a breve trecho, se Deus quiser. E por isso uma outra pergunta se impõe:

O que é que os crónicos problemas existentes numa empresa como EAGB, com os quais a nova administração trava uma luta hercúlea quotidiana, tem a ver com a eventual demissão de um ministro. Meu caro Ilídio, isso, que advoga, seria, sim, um acto de cobardia e de fuga de responsabilidades. Do pouco que ainda conheço, do Dr. Florentino Mendes Pereira, pode ficar descansado, e já agora afiance também os seus estimados leitores, de que este nunca fugiu a uma luta, e muito menos esta de trazer energia e água a todos os lares da Guiné-Bissau.

Bissau, 19 de dezembro de 2014
Victor Gomes Pereira
Porta-voz do PRS

PRIMEIRA DAMA DESLOCA-SE AMANHÃ, 20 DE DEZEMBRO PARA AS CIDADES DE GABÚ, BAFATÁ E OIO PARA LEVAR O SEU CALOR SOLIDÁRIO ÀS CRIANÇAS CARENCIADAS NESTE PERÍODO NATALÍCIO.

Estás de parabéns, que a Paz do Senhor esteja sempre contigo e de todos que te acompanham nesta iniciativa.

Este gesto representa o verdadeiro espírito de Natal ... "AMOR, SOLIDARIEDADE, CARIDADE E PERDÃO."

GUINÉ-BISSAU CONGRATULA-SE COM A RETOMA DAS RELAÇÕES ENTRE OS EUA E CUBA

 DIRECÇÃO GERAL DA POLÍTICA EXTERNA

COMUNICADO DE IMPRENSA

O governo da Guiné-Bissau congratula-se com o anúncio da retoma das relações diplomáticas entre os EUA e Cuba, um importante passo que se deve a coragem e clarividência dos Presidentes dos dois países amigos, respectivamente, Barack Obama e Raul Castro.

O governo da Guiné-Bissau está convicto que este processo de normalização das relações diplomáticas trará benefícios para os dois países e povos e contribuirá, igualmente, para pôr fim ao bloqueio económico, comercial e financeiro, imposto a Cuba pelos EUA, minimizando assim o sofrimento e isolamento a que o povo cubano foi submetido durante décadas.

O governo da Guiné-Bissau aproveita esta ocasião para saudar o povo cubano que sempre esteve ao lado do povo guineenase em diferentes fases da sua história, nomeadamente na luta de libertação nacional e na actual fase de reconstrução nacional.

Feito em Bissau , aos 19 dias do mês de Dezembro de 2014


A OPERAÇÃO NATAL E NOVO ANO EM SEGURANÇA FOI COLOCADA EM MARCHA A PARTIR DE HOJE ATÉ 8 DE JANEIRO DO PRÓXIMO ANO.

Esta operação envolverá 4 mil e 202 homens, entre agentes da POP, da Proteção Pública, da PIR, da Guarda Nacional, da Proteção Civil e da ECOMIB que vão ser distribuídos para todas as regiões do país.

A QUESTÃO DOS RECURSOS FINANCEIROS AFECTOS A INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS TRIBUNAIS E OUTRAS RUBRICAS FOI HOJE DEBATIDA



No encontro que juntou o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), os Ministros da Justiça e das Finanças e o Procurador-Geral da República, foi também analisada a questão relativa ao setor judiciário na vertente financeira.

Outros assuntos abordados neste encontro têm a ver com dívidas contraídas para com os proprietários dos imóveis arrendados para instalações dos tribunais e o pessoal contratado que aufere vencimento ou subsídio através do cofre geral dos tribunais e cofre geral das conservatórias de registo civil.

No final do encontro, as partes defenderam a criação de uma comissão onde vai integrar, representantes dos Ministérios da Justiça e das Finanças, do STJ e da Procuradoria-Geral da República.

A Comissão tem um mês para apresentar o relatório com recomendações sobre a gestão, controlo e funcionamento transparente dos cofres.

GOVERNO ANUNCIA RELANÇAMENTO DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA NAS FORÇAS ARMADAS


Manuel da Costa, director-geral da Produção e Modernização das Forças Armadas da Guiné-Bissau, anunciou, esta quinta-feira, 18 de Dezembro, que 2015 será o ano do relançamento e desenvolvimento da produção agrícola por parte das Forças Armadas.
No encerramento da primeira Conferência Nacional da Produção das Forças Armadas, sob o lema “Produção Agro-Pecuária, âncora da paz e alavanca do desenvolvimento da Guiné-Bissau”, Manuel da Costa disse que é com a enxada nas mãos e a arma nas costas que as Forças Armadas podem e devem garantir a auto-suficiência alimentar e lutar contra pobreza e a fome no país.

«É e será sempre a forma mais patriótica de os efetivos das forças de defesa e segurança darem a sua contribuição nas tarefas de reconstrução nacional, cumprindo a sua missão de servir e defender a pátria com suor e sangue» referiu Manuel da Costa, que recordou que as recomendações saídas do encontro demonstram a necessidade urgente do executivo fazer fortes investimentos nas unidades produtivas das Forças Armadas, «para resolver o grave problema de alimentação que afecta os homens de farda».
Manuel da Costa desafiou ainda civis, militares e paramilitares participantes «a utilizarem os conhecimentos adquiridos para ajudar na melhoria da imagem das Forças Armadas, a fim de restaurar a confiança da população».

POLÍTICA: POLICIANO GOMES, O JOVEM LÍDER DO PDD EXORTOU ONTEM O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, JOSÉ MÁRIO VAZ, PARA NÃO SE IMISCUIR NAS COMPETÊNCIAS DO EXECUTIVO.

OS TÉCNICOS CHINESES DA "CHINA CONSTRUCTION GROUP CORPORATION" ESTÃO NO MAR A CAMINHO DE BUBAQUE PARA VISITAR O AERÓDROMO LOCAL QUE PODERÁ SOFRER REMODELAÇÕES IMPORTANTES.

COMER COISAS NOSSAS, SÓ NOSSAS: É JÁ AMANHÃ, 20 DE DEZEMBRO, DIA DE CONSUMO DE PRODUTOS NACIONAIS. A INICIATIVA É DA ONG TINIGUENA E INSTITUIDA PELO GOVERNO DA GUINÉ-BISSAU.

ÚLTIMA HORA: DENTRO DE ALGUNS MINUTOS A ADMINISTRAÇÃO INTERNA VAI ANUNCIAR MEDIDAS DE SEGURANÇA PARA ESTA QUADRA FESTIVA. MEDIDAS QUE COM CERTEZA SE ESTENDERÃO ATÉ PRIMEIROS DIAS DE 2015.

PRIMEIRA DAMA ROSA VAZ SENTIU-SE TRISTE COM O QUE VIU NA PEDIATRIA DO HOSPITAL NACIONAL SIMÃO MENDES E PROMETEU TUDO FAZER PARA AJUDAR A MUDAR AQUILO.

Rosa Vaz esteve ontem no maior centro hospitalar do país a oferecer brindes de natal as criança internadas.

O mesmo acto repetir-se-á noutros centros de acolhimento, como é o caso da Casa Emanuel, Fundação Ninho da Criança da ex-Priemira Dama - Mariama Mané Sanhá, e ainda em diferentes regiões do interior do país.

O ou a Bebé do ano, também vai ganhar prenda da Primeira Dama como é tradicional.

Que bela iniciativa!!!! É assim mesmo. Ajudar os outros sempre é bom e é gratificante. Parabéns!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

O BOAD PREVÊ REALIZAR EMPRÉSTIMOS A MÉDIO E LONGO PRAZO DE MUITOS BILIÕES DE FRANÇOS CFA

O BOAD prevê realizar empréstimos a médio e longo prazo de mais de 1100 mil milhões de francos CFA durante os próximos 5 anos

Será dada uma ênfase particular à prospeção de cofinanciamentos, à obtenção de créditos e à promoção de parcerias público-privadas.

COTONOU, Benin, December 17, 2014/African Press Organization (APO)/ -- O Conselho de Administração do Banco de Desenvolvimento da África ocidental (BOAD) (http://www.boad.org/) realizou a sua 95.ª sessão ordinária a 15 de Dezembro de 2014, em Cotonou, sob a presidência do senhor Christian ADOVELANDE, Presidente do Conselho de Administração, Presidente do BOAD.

Após ter adotado a ata da 94. A reunião realizada em Lomé a 23 de setembro de 2014, o Conselho examinou e aprovou as perspetivas financeiras atualizadas (PFA) 2014-2018, assim como o projeto de programa orçamental 2015-2017.
As PFA fixam os níveis de atividade por domínio de intervenção, estimam os volumes de recursos financeiros necessários à cobertura dos compromissos assumidos e definem as condições de intervenção do Banco.

Durante o período de 2015-2018 o BOAD pondera as aprovações de empréstimos a longo e médio prazo no valor de 1100 mil milhões de francos CFA. Este número não inclui o Fundo de desenvolvimento para a energia (FDE) elaborado pela UEMOA e gerido pelo BOAD.
Os níveis de intervenção previstos para um período de cinco anos são de 217 mil milhões de francos CFA para os empréstimos a curto prazo, de 48,9 mil milhões de francos CFA para as tomadas de participação, e de 20 mil milhões de francos CFA para a garantia. Será dada uma ênfase particular à prospeção de cofinanciamentos, à obtenção de créditos e à promoção de parcerias público-privadas.

A mobilização de recursos será uma das prioridades, a fim de permitir à instituição melhor acompanhar os Estados nos seus ambiciosos programas de desenvolvimento. O BOAD deverá assim mobilizar, até 2018, recursos de empréstimos e recursos próprios num montante mínimo de 1500 mil milhões de francos CFA. Neste âmbito, o Banco prevê recorrer ao mercado regional de capitais, para obter cerca de 725 mil milhões de francos CFA ao longo de quatro anos, e recorrer ao mercado financeiro internacional para a obtenção de um empréstimo de 250 mil milhões de francos CFA.

A elaboração das PFA realizou-se num contexto marcado especialmente pela adoção, durante o mês de setembro, do novo plano estratégico 2015-2019, cujo âmbito é de fazer do BOAD «um banco de forte desenvolvimento, para a integração e a transformação económicas da África Ocidental». Esta visão encontra-se definida através de quatro grandes linhas:
•          Acelerar a integração regional através de um financiamento sustentado das infraestruturas;
•          Apoiar o crescimento, incluindo a segurança alimentar e o desenvolvimento sustentável;
•          Acompanhar as empresas e os Estados, desenvolver a necessária engenharia do financiamento e dos serviços;
•          Aprofundar o processo de mobilização e de recursos.

O programa orçamental de 2015-2017 adotado pelo Conselho foi elaborado em conformidade com as orientações contidas no Plano Estratégico e nas PFA. 

Para além disso, os Administradores aprovaram quatro proposições de empréstimo de um montante global de 44 mil milhões de francos FCA:

•          Ordenamento de 8000 hectares do aterro de Kandara na zona de Djenné (Mali).  Montante: 10 mil milhões de francos CFA.

•          Saneamento das águas residuais e drenagem das águas pluviais da cidade de Fatick (Senegal). Montante: 9 mil milhões de francos CFA.


•          Ordenamento e alcatroamento da estrada de Adzopé-Yakassé Attobrou (Costa do Marfim). Montante: 10 mil milhões de francos CFA.

•          Pavimentação de ruas e saneamento das cidades de Bembéréké, Bonou, Bopa, Dogbo, Ifangni, Kalalé, Karimama, Tanguiéta, Zakopta e Zè (Benim). Montante: 15 mil milhões de francos CFA.

Estes novos financiamentos autorizados elevam o montante global dos financiamentos do BOAD a 3181,12 mil milhões de francos CFA, com exceção do curto prazo e tomadas de participação, correspondentes a 726 projetos.
Os administradores aprovaram igualmente proposições relativas aos seguintes processos:

•          Tomada de participação do BOAD ao aumento do capital social do ORABANK da Costa do Marfim. De um montante de 10,395 mil milhões de FCFA, esta operação eleva a participação do BOAD a 16,995 mil milhões de francos CFA, ou seja 45,32% do capital do banco costa-marfinense ;

•          Abertura de uma segunda linha de crédito do Banco de Desenvolvimento da China (BDC) ao BOAD. De um montante global de 100 milhões de euros, seja 65,595 mil milhões de francos CFA, esta linha de crédito será repartida em duas partes.

O Conselho manifestou o seu parecer favorável na Nota explicativa da situação e das perspetivas de restruturação do Grupo do Banco Regional de Solidariedade (BRS); assim como o estado de cobrança dos créditos sobre os empréstimos do BOAD a 30 de novembro de 2014.  Enfim, o Conselho tomou conhecimento dos seguintes dossiês: Ata da 19.ª reunião do Comité de Auditoria do BOAD, progresso da aplicação operacional do plano diretor do BOAD no domínio da informática; Nota de síntese das avaliações retrospetivas de desempenho, elaboração da Implementação da Decisão do Conselho dos Ministros relativa à concessão ao BOAD dos recursos correspondentes a uma dotação inicial do Fundo de Desenvolvimento da Energia (FDE); Ata da reunião ordinária do Conselho de Ministros da UEMOA que teve lugar em Lomé a 24 e 25 de setembro de 2014.

Ao concluir os trabalhos, o Presidente Christian ADOVELANDE, em nome do Conselho de Administração, agradeceu às autoridades do Benim pela receção calorosa e fraternal reservada aos Administradores, assim como pelas disposições materiais e organizacionais que permitiram a realização desta sessão nas melhores condições.

Distribuído pela APO (African Press Organization) em nome da Banco de Desenvolvimento da África Ocidental (BOAD).

Para mais informações
Saïdou OUEDRAOGO
Direção de Comunicação, Marketing e Relações Públicas
Tel. : + 228 22 23 27 09
Fax : + 228 22 23 24 38
EMAIL: boadsiege@boad.org

SOURCE 
BOAD

TRAGÉDIA ANTES DO NATAL ENVOLVE A EQUIPA DE UM DOS MAIS FAMOSOS ATORES CHINÊS DA ATUALIDADE


Um operador de câmara morreu, esta quinta-feira, ao ficar preso numa embarcação que se afundou durante a rodagem de um filme produzido e protagonizado pelo famoso ator chinês, Jackie Chan.
Segundo o China Daily, o barco afundou-se com oito membros da equipa de gravação a bordo, a 30 metros da ilha de Lantau, em Hong Kong. No entanto, sete dos envolvidos no acidente conseguiram sair a nado.

O operador ficou preso no interior da embarcação, não escapando com vida ao afundamento. O óbito foi confirmado, depois de ter sido transportado para o hospital.
Jackie Chan publicou uma mensagem de condolências pela morte do operador através da rede social chinesa Weibo, lamentando não ter sido capaz de resgatar o membro da equipa do seu último filme, “SKIPTRACE”.

JUSTIÇA: TRÊS PESSOAS CONDENADAS A PENAS DE PRISÃO EFETIVA PELA PRÁTICA DE MUTILAÇÃO GENITAL


O Tribunal Regional de Bissau condenou esta quarta-feira, 17 DE Dezembro, a três anos de prisão efetiva três pessoas responsáveis pela mutilação genital de três crianças do sexo feminino, com apenas um, cinco e sete anos.
A pena foi aplicada às mães das crianças, bem como à pessoa responsável pela realização da excisão, sendo que os arguidos terão agora de pagar uma indemnização de 500 mil francos às vítimas.

Esta é a segunda vez que a prática de excisão é julgada no país.
O primeiro caso remonta a 2011, com os implicados a serem condenados, na altura, a penas suspensas.

ONU: SECRETÁRIO-GERAL DA ORGANIZAÇÃO VISITA A GUINÉ-CONAKRY


O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, é aguardado, este sábado, 20 de Dezembro, em Conakry para uma visita de trabalho de algumas horas, a primeira desde a sua nomeação neste cargo, soube-se de fonte oficial.
Ban, que vai reunir-se com o Presidente Alpha Condé, vem inquirir-se sobre os resultados dos esforços desdobrados pelas Nações Unidas na luta contra a epidemia da febre hemorrágica do vírus do Ébola que fez mil e 200 mortos em mais de dois mil casos registrados na Guiné-Conakry desde Janeiro último.

Vários altos responsáveis do sistema das Nações Unidas efetuaram visitas de trabalho à Guiné-Conakry onde ofereceram importantes somas de dinheiro destinadas a luta contra a epidemia que afeta atualmente cerca de 20 prefeituras das trinta e três do país.
O coordenador principal da ONU contra o Ébola na Guiné-Conakry, o ruandês Marcel Rudansungwa, morreu recentemente de crise cardíaca no seu quarto de hotel em Conakry, capital da República Conakryguineense.

EUA E CUBA REATAM RELAÇÕES MAIS DE 50 ANOS DEPOIS


"É a mais significativa mudança na política dos EUA em relação a Cuba, nos últimos 50 anos". Foi assim que Barack Obama definiu, esta quarta-feira, a mudança nas relações entre os dois países. Numa declaração ao país, o presidente norte-americano afirmou que o embargo é uma política ultrapassada e que não trouxe resultados.
Obama confirmou que os EUA vão abrir uma embaixada em Cuba, aliviar as restrições económicas do país e permitir a cidadãos americanos que viajem para a ilha dos irmãos Castro, num "novo capítulo" da história dos dos países.
O presidente norte-americano disse ainda que ia propor ao Congresso o levantamento total do embargo ao país, num discurso simultâneo com o realizado por Raúl Castro, a partir de Havana.

"Estamos a fazer estas mudanças, porque é a atitude certa. Hoje, a América escolheu livrar-se das amarras do passado para chegar a um futuro melhor, para os cubanos, para os americanos, para a nosso hemisfério e para o Mundo", considerou Obama no seu discurso.
Barack Obama agradeceu ainda o apoio do Canadá e do Papa Francisco pela ajuda prestada nas negociações, que duraram 18 meses.

A libertação do prisioneiro norte-americano Alan Gross, esta quarta-feira, foi início do processo de reaproximação dos EUA e Cuba.

GOVERNO PORTUGUÊS QUER DAR VOLTA À GREVE DOS FUNCIONÁRIOS DA TAP COM REQUISIÇÃO CIVIL


O Governo aprovou hoje a requisição civil dos trabalhadores da TAP para minimizar o impacto da greve de quatro dias, entre 27 e 30 de Dezembro, convocada por 12 sindicatos para contestar o relançamento da privatização da companhia aérea.

TÉCNICOS DO “CHINA CONSTRUCTION GROUP COPRPORATION” ESTÃO NO PAÍS PARA RELANÇAR O PROJECTO DE REMODELAÇÃO DOS AEROPORTOS DE BISSAU E BUBAQUE E AERÓDROMOS DE CUFAR E SÃO-DOMINGOS


Chegou a Bissau esta quarta-feira, 17 de Dezembro, um grupo de técnicos chineses, entre arquitectos, engenheiros, economistas e especialistas em aeronáutica do “China Construction Group Corporation”, uma empresa especializada em construção de Aeroportos com testemunhos deixados em mais de 50 países por todo o mundo.
Logo após a chegada, na companhia do Secretário de Estado dos Transportes e Comunicações, Dr. João Bernardo Vieira e seu staff, o grupo visitou todas as dependências do Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira.

Nesta primeira fase, o grupo irá proceder a um estudo exaustivo das necessidades em termos de intervenção para depois apresentar um projecto ao Governo liderado por Domingos Simões Pereira, conforme disse à imprensa no final da visita que durou pouco mais de hora e meia, a Assessora Jurídica e Porta-voz da Secretaria de Estado dos Transportes e Comunicações, Dra. Maimuna Gomes Sila.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

PROGRESSO NACIONAL QUASE A FAZER 2 ANOS DE VIDA

Vamos abrir champanhe.

CONVITE: "BIODIVERSIDADE E CONSUMO NACIONAL" 19 DE DEZEMBRO DE 2014

Caros amigos e parceiros da Tiniguena,

Por iniciativa do Grupo de Trabalho de Promoção dos Produtos da Terra,
fundado a 9 de Outubro de 2009, 20 de Dezembro foi escolhido para
celebrar o Dia do Consumo Nacional.
Este ano convidamos  a todos vós  a participar nas comemorações
decorrerão nos dias 19 e 20 de Dezembro, sob o lema "Biodiversidade e
Consumo Nacional", constando do programa, em anexo, um leque
diversificado de atividades.

Aproveitamos esta oportunidade para apresentar a todos os nossos votos
de Festas Felizes e de um Ano Novo de Paz e Prosperidade!

OPINIÃO: DOKA INTERNACIONAL UM BANDIDO ASSUMIDO A VAGUEAR NAS RUAS DE BISSAU

Ilustres Progressistas,

Por favor publiquem esta informação ao público guineense para saberem deste
bardakadera.

Doka Internacional um bandido assumido e procurado pela policia internacional que
anda a semear mentiras no seu blog dizendo que procura a verdade. Verdade?????
Kal bardadi di kadera. Esteve preso por furto e violação e agora diz que procura a verdade.
Quando violou a menina de 14 anos onde é que estava a verdade? Quando esteve preso
por ter falsificado cheques e assaltado uma ourivesaria em Lisboa não se lembrou
da verdade. Doka djubi ba kumé bu merda bô! Tenta trazer algo de novo para a nossa
sociedade porque tu poderás ser um cidadão válido. Com a tua altura poderás jogar
basket para a selecção e aí representares bem a nossa selecção. Mas enfim optas-te
por este caminho sem pensar neste povo martirizado. Para de semear o ódio e semeia
o amor meu caralho. Precisas de um grande pó no CÚ seu bandido, malandro, pedofilo.

Anónimo

JORNAL O DEMOCRATA


TESE DESEJA UM FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO


PRIMEIRO MINISTRO QUER MAIS ENTIDADES ENVOLVIDAS NA REFORMA DA DEFESA

VEJA AQUI

UNIÃO EUROPEIA APOIA COMERCIALIZAÇÃO DE PANOS TRADICIONAIS GUINEENSES


A exportação de panos tradicionais guineenses vai contar com o apoio da União Europeia (UE), no âmbito de um projeto que incluiu a inauguração de uma tinturaria, na terça-feira, na segunda maior cidade do país, Bafatá.

Em comunicado, a delegação da UE em Bissau explicou que o projeto visa dinamizar aquele setor e «reduzir a pobreza e preservar o património cultural e económico».

O projeto, datado de janeiro de 2013, com uma duração de 36 meses dispõe de um orçamento que ronda os 842 mil euros, sendo financiado a 90 por cento pela UE e a 10 por cento por outros doadores, entre os quais Espanha.

Além disso, está também previsto o apoio a realização de ações de promoção e comercialização em Portugal e em Espanha.

ÉBOLA: UNICEF REFORÇA PARCERIAS COM ONGs PARA PREVENIR DA DOENÇA


A UNICEF assinou esta segunda-feira vários protocolos com associações da Guiné-Bissau para reforçar as ações de prevenção do ébola.
O organismo vai distribuir 180 mil euros por cinco organizações não-governamentais que vão levar para o terreno ações de divulgação de boas práticas de higiene e mudança de comportamentos de risco.

O programa vai durar entre três e oito meses em todo o país, mas com maior incidência nas zonas fronteiriças.
Beneficiam do apoio do UNICEF as ONG Cruz Vermelha da Guiné-Bissau, Battoden Gollen, Fundação de Assistência Médica Internacional (AMI), Comissão Justiça e Paz, Direitos Humanos e Desenvolvimento (Caritas-GB) e a Estrutura Comunitária de Animação e Sensibilização para o Desenvolvimento (ECAS-D).

 

GOVERNO, ATRAVÉS DA SECRETARIA DE ESTADO DOS TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES E DA ORDEM PÚBLICA, ASSINOU ESTA MANHÃ CONTRATO DE PARCERIA COM A EMPRESA AMERICANA DE SEGURANÇA AEROPORTUÁRIA (SECURIPORT).

Entradas e saídas com passaportes falsos e materiais perigosos no nosso único aeroporto internacional, estão com dias contados.

Esta empresa com muita experiência no domínio de segurança aeroportuária, vai começar a operar no país, segundo disse, o vice-Presidente da SECURIPORT, George Canovas, o mais tardar em Março de 2015.

Canovas prometeu colocar no nosso terminal aeroportuário equipamentos de última geração para deteção de documentos falsos.


 

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

PATCHE DI RIMA EM EVREUX

Dia 27 de Dezembro o musico Patche di Rima estaá na cidade de EVREUX em Normandie
France para show da virada.

COMUNICADO DE IMPRENSA AGRA


Uma iniciativa africana inovadora para reforçar os sistemas alimentares e combater a doença do vírus Ébola

NAIROBI, Kenya, December 16, 2014/African Press Organization (APO)/ -- Milhares de agricultores mais
desfavorecidos na Libéria vão beneficiar de uma iniciativa inovadora de distribuição de sementes melhoradas, garantindo as estratégias de segurança alimentar e as estratégias da luta contra a doença do vírus Ébola na Libéria. 


Esta iniciativa, a cargo da AGRA (Aliança para uma Revolução Verde em África) (http://www.agra.org) em parceria com o governo e outras partes interessadas, visa reforçar o frágil sistema alimentar, ao fornecer sementes de qualidade em conjunto com mensagens de prevenção do Ébola aos agricultores – muitos dos quais não têm acesso a produtos essenciais, nomeadamente a sementes melhoradas.

“Os 50 milhões de toneladas de sementes de milho amarelo de alto rendimento oferecidos como donativo hoje, irão contribuir muito para garantir que os agricultores mais desfavorecidos e respetivas famílias permaneçam seguros, a nível alimentar, durante este difícil período da epidemia da doença do vírus Ébola”, refere a Presidente da AGRA, Dra. Agnes Kalibata. “Não queremos que a epidemia de febre do vírus Ébola se transforme numa crise alimentar.”
“A febre do vírus Ébola tem o potencial de perturbar os nossos sistemas alimentares, uma vez que afeta as partes mais produtivas das nossas economias, tal como aconteceu com a pandemia do VIH/SIDA há alguns anos. A AGRA construiu uma plataforma que ajuda a fornecer não só os meios necessários para a produção agrícola mas também a transmitir mensagens sobre higiene e de sensibilização de saúde às populações”, afirmou o Sr. Strive Masiyiwa, Presidente do Conselho de Administração da AGRA e Diretor Executivo da Econet Wireless. “Estou muito entusiasmado por ver a AGRA a consolidar um apoio à pequena agricultura na Libéria em parceria com o governo e o setor privado, combatendo simultaneamente o vírus Ébola” e acrescentou que a plataforma implementada pela AGRA, dirigida por africanos, é um dos mecanismos de distribuição mais eficazes em África.

Apesar de a Libéria ser um país extremamente dependente da agricultura, o setor sofreu graves contratempos com um grande número dos seus agricultores incapazes de produzir a um nível ideal. Esta situação foi agravada pelo impacto negativo da febre do vírus Ébola, onde o medo da doença levou os agricultores a abandonar os seus campos. A nova iniciativa da AGRA, com início na Libéria, tem como alvo os agricultores mais desfavorecidos em quatro províncias. As sementes de milho de alto rendimento têm o potencial de aumentar as colheitas em um fator de dois ou três, reduzindo a pressão sobre o fornecimento de alimentos, enquanto as mensagens de sensibilização do Ébola e o fornecimento de utensílios simples, como baldes e sabão, vão proporcionar aos agricultores a primeira linha de defesa contra a doença.

Para desenvolver esta iniciativa, a AGRA trabalhou em conjunto com os governos da Libéria e da Costa do Marfim, com o Banco Africano de Desenvolvimento e o setor privado do Mali. “A AGRA está extremamente grata ao Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento, o Dr. Donald Kaberuka, e ao governo da Costa do Marfim pelo apoio prestado no encaminhamento em tempo útil das sementes na fronteira da Costa do Marfim com a Libéria", afirmou o Dr. Kalibata. 

“Com este apoio da Fundação de Desenvolvimento Econet e em resposta à iminente crise alimentar no país, o nosso Programa para Sistemas de Sementes Africanas (PASS) irá intensificar a sua intervenção através do acesso a sementes de alta qualidade para melhorar a prática agrícola e a disponibilidade de alimentos dos agricultores liberianos”, afirmou o Diretor da PASS, Dr. Joe DeVries. “Iremos trabalhar em parceria com os Ministérios da Agricultura e Saúde, empresas sementeiras privadas, organizações rurais nacionais e outros parceiros locais para garantir que esta ajuda fornecida chega aos agricultores afetados.” 

Embora este conjunto de sementes seja distribuído gratuitamente, devido às pressões financeiras a que os agricultores estão sujeitos, a iniciativa é parte integrante de uma abordagem da AGRA com vista a garantir melhores sistemas alimentares. Criando empresas sementeiras e formando vendedores de produtos agrícolas, criam-se incentivos de mercado adequados, assegurando uma sustentabilidade económica a longo prazo.

Com o apoio da Fundação Howard G. Buffett, o PASS tem trabalhado para desenvolver um sistema de sementes com base na procura de sementes de qualidade por parte dos agricultores. A organização apoia atualmente três empresas locais de sementes na produção, multiplicação e disponibilização de sementes de qualidade aos agricultores. O PASS também concedeu subvenções ao CARI (Instituto Central de Investigação em Agricultura) para a realização de investigação sobre alimentos básicos como o arroz, a mandioca e o milho, de forma a melhorar a produtividade agrícola e deu formação a oito especialistas liberianos em sementes na Universidade de Ciência e Tecnologia de Kwame Nkrumah, no Gana, na tentativa de garantir que os agricultores no país deixem de utilizar sementes de baixo rendimento para passarem a utilizar sementes de alto rendimento.

Distribuído pela APO (African Press Organization) em nome da Aliança para uma Revolução Verde em África (AGRA).

Contactos de imprensa:
Sylvia Mwichuli
Tel.: +254 736 880 620; smwichuli@agra.org

Sobre a AGRA
A AGRA (http://www.agra.org) é uma parceria dinâmica que trabalha em todo o continente africano para ajudar milhões de agricultores mais desfavorecidos e as suas respetivas famílias a saírem da pobreza e a evitarem a fome. Os programas da AGRA desenvolvem soluções práticas para aumentar significativamente a produtividade agrícola e os rendimentos dos mais pobres, protegendo simultaneamente o ambiente. A AGRA defende políticas que apoiem o seu trabalho em todos os principais aspetos da cadeia africana de valores agrícolas — desde sementes, saúde do solo e água até aos mercados e educação agrícola. A AGRA trabalha em toda a África subsariana e mantém uma sede em Nairobi, Quénia, e escritórios regionais no Gana, Mali, Moçambique e Tanzânia. O Conselho de Administração da AGRA nomeou recentemente a antiga ministra ruandesa, a Dra. Agnes Kalibata, como Presidente da organização. Saiba mais em www.agra.org

SOURCE 
AGRA
 

EMBAIXADA DA GUINÉ-BISSAU EM PORTUGAL CONCEDE TODO O TIPO DE APOIO AOS SEUS CIDADÃOS



A ORGANIZAÇÃO "REPÓRTERES SEM FRONTEIRAS" DIVULGA RELATÓRIO - 2014



O número de jornalistas assassinados registou uma redução em 2014, mas aumentou o número de profissionais sequestrados face ao ano passado, revela um relatório publicado esta segunda-feira pela organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF).

Em 2014, foram assassinados 66 jornalistas, contra 71 no ano passado, mas o número de sequestrados aumentou de 87 para 119 casos. E, de acordo com o documento da RSF, há ainda 40 profissionais dos 'media' que permanecem reféns em todo o mundo.

Segundo a organização, "os assassínios praticam-se com maior barbárie e os sequestros aumentam consideravelmente com o objectivo, por parte de quem os comete, de impedir que existe uma informação independente e de dissuadir os olhares indiscretos".

"Poucas vezes o assassínio de jornalistas com fins de propaganda foi perpetrado com tanta barbárie", sublinha a RSF no mesmo documento, elaborado anualmente desde 1995.

Dois terços dos assassínios foram registados em zonas de conflito: na Síria -- país que, à semelhança do ano passado, figura como o mais perigoso para os jornalistas, com 15 mortes -- nos territórios palestinianos, sobretudo em Gaza (sete mortes), no leste da Ucrânia (seis), no Iraque e na Líbia (ambos com quatro).

A RSF sinaliza menos assassínios de jornalistas em países "em paz" como a Índia e as Filipinas, mas constata, por outro lado, que as mortes de mulheres duplicaram para seis em 2014.

Já o número de sequestros, ao contrário dos assassínios, disparou 37%, de acordo com a organização defensora da liberdade de imprensa, com sede em Paris.

"Os sequestros foram particularmente numerosos na zona do Médio Oriente e no norte de África. Este ano foram sequestrados 29 jornalistas na Líbia e 37 na Síria. No Iraque o número ascendeu a 20. Esta tendência explica-se sobretudo com a ofensiva do grupo extremista Estado Islâmico (EI) na região", refere a RSF.

O número de jornalistas detidos em todo o mundo manteve-se em 178, com a China a encabeçar a lista (17% do total), em que também constam o Egipto, Eritreia, Irão, Síria, Vietname e Arábia Saudita.

O relatório da RSF indica ainda que, em 2014, houve 139 jornalistas que tiveram que exilar-se, ou seja, o dobro face ao ano passado.

Esse 'ranking' é novamente liderado por países como a Líbia (43), Síria (37), Etiópia (31) e Azerbaijão (6). 

O número de detenções de jornalistas sofreu um aumento de 3%, atingindo 853 casos.

"Evidentemente, os interrogatórios e detenções são ataques à liberdade de expressão cuja gravidade não pode comparar-se à dos assassínios ou sequestros prolongados. Contudo, constituem obstáculos para o seu trabalho e, por vezes, intimidações violentas", anota a RSF.

A Repórteres Sem Fronteiras constata ainda uma redução em 15% das ameaças ou agressões a jornalistas para um total de 1.846 ataques, com países como a Venezuela, Turquia, Ucrânia e China a figurarem entre os menos seguros para os profissionais dos meios de comunicação social.

TEM LUGAR HOJE E AMANHÃ EM BISSAU, A PRIMEIRA CONFERÊNCIA NACIONAL SOBRE ATIVIDADES DE PROTEÇÃO CIVIL E DE REDUÇÃO DOS RISCOS DE CATÁSTROFES.

ANP: PRIMEIRA SESSÃO PARLAMENTAR ORDINÁRIA DO ANO LEGISLATIVO 2014/2015 DA NONA LEGISLATURA TERMINOU ONTEM MEIA NOITE. É BOM SUBLINHAR O GRANDE ESPÍRITO DE TRABALHO QUE MOTIVA O ATUAL GRUPO PARLAMENTAR, LIDERADO POR CIPRIANO CASSAMÁ. DE RECORDAR QUE A SESSÃO TEVE INCIO NO DIA 4 DE NOVEMBRO ÚLTIMO E TERMINOU ONTEM COM APROVAÇÃO POR UNANIMIDADE DA LEI DE ENQUADRAMENTO DO ORÇAMENTO GERAL DO ESTADO.

FALTAM 15 DIAS PARA O PROGRESSO NACIONAL COMPLETAR DOIS ANOS DE VIDA

SOM FESTA, SOM FESTA, SOM FESTA, PÁ FESTEZA MAMA! VIVA SAMBALÁ K

DOIS AGENTES DA POLICIA DE ORDEM PÚBLICA DETIDOS SOBRE O MANDADO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

VEJA AQUI

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

OPINIÃO: PARABÉNS JANIRA H ALMADA, PARABÉNS CABO VERDE

Cabo Verde tem sido um exemplo para muitos países africanos principalmente para
nós os guineenses. Temos que acreditar nas mulheres competentes e dar-lhes a
oportunidade de liderar projectos, ministérios e porque não o país. Mas acima de
tudo temos que acreditar na juventude guineense. É possivel que pessoas com ideias
novas, competentes e com o CV limpo possam de facto liderar este país.

As novas autoridades tem que apreender esta lição vinda de cabo verde e modernizar
o aparelho de estado Guineense. Estamos a dar alguns sinais nesse sentido com um
Procurador Geral da República jovem, um Secretário de Estado dos Transporte jovem
e um Presidente do Tribunal de Contas tambem jovem. Todos estes representam a juventude
e tenho a certeza absoluta que farão todos um excelente papel. Agora é necessário que não
fiquemos por aqui porque existem muitos bons jovens nesta praça mas precisam apenas um
pouco de chance.

Pa Deus djuda Guiné-Bissau

Alanso S.

 

UNIÃO EUROPEIA INAUGURA O CENTRO DE TINTURA TRADICIONAL DE PANOS EM BAFATÁ

No dia 16 de Dezembro de 2014, às 10 horas, a Delegação da União Europeia junto da República da Guiné-Bissau e as ONG DIVUTEC e UNIMOS assinalam a inauguração do Centro de Tintura Tradicional de Panos em Ponte Nova - Bafatá, que irá promover o relançamento da cultura tradicional de tintura de panos e a sua comercialização no país e no exterior.

O novo centro faz parte do Projecto “TCHOSSAN SONINKÉ – Relançamento da Cultura de Tintura Tradicional de Panos em Ponte Nova – Bafatá”, que ao objectivo de redinamizar a tintura tradicional de panos visa reduzir a pobreza e preservar o património cultural e económico dos Soninkés da Guiné-Bissau.

Este projecto, que iniciou em Janeiro de 2013 com uma duração de 36 meses, conta com um orçamento de mais de 552 milhões de Francos CFA (cerca de 842 mil Euros), financiado a 90% pela União Europeia e a 10% por outros doadores, entre os quais o Ayuntamiento de Palência (Espanha).

O Centro de Tintura Tradicional de Panos foi construído pelo Projecto como centro multifuncional que inclui infra-estruturas de apoio para a tintura de panos, uma lavandaria e também a sede da Associação das Mulheres de Ponte Nova (AMPN), cujos membros participam no Comité de gestão e manutenção.

Entre as outras acções do Projecto, destacam-se as seguintes:

 Fortalecimento da AMPN mediante formações em gestão organizacional e associativismo, contabilidade básica, marketing e venda, comunicação para o desenvolvimento, planeamento monitoria e avaliação, gestão de resíduos tóxicos e seus efeitos nefastos no meio ambiente e na saúde humana, técnicas integradas de tintura de panos;

 Estudos sobre o impacto socioeconómico da emigração das mulheres tintureiras e a transformação da AMPN num modelo de Cooperativa;

 Apoio à comercialização dos panos tingidos mediante a realização de eventos promocionais na Guiné-Bissau, em Portugal e em Espanha.

COMUNICADO DE IMPRENSA DHL

Nesta época de alegria, melhore a experiência dos seus clientes

Prestar um serviço com qualidade consistente na época natalícia

CAPE-TOWN, South-Africa, December 15, 2014/African Press Organization (APO)/ - Chegou a tradicional correria da época natalícia e, por isso, os negócios (especialmente do comércio a retalho) precisam de garantir que mantêm a prestação de serviços de alto nível e que estão preparados para lidar com a procura acrescida, suscitada pelo súbito aumento de clientes.

Logo: http://www.photos.apo-opa.com/plog-content/images/apo/logos/dhl_logo2.jpg

Foto Sumesh Rahavendra: http://www.photos.apo-opa.com/plog-content/images/apo/photos/sumesh_rahavendra.jpg

Esta é a opinião de Sumesh Rahavendra, Diretor de Marketing da DHL Express (http://www.dpdhl.com) da África Subsariana, que afirma que na época natalícia os negócios estão sujeitos a uma maior pressão para prestar um serviço com qualidade consistente e, se não forem corretamente administrados, podem desperdiçar tempo valioso que poderia ter sido utilizado na maximização das vendas.

Rahavendra faz referência a conclusões recentemente apresentadas pela empresa de consultadoria Lee Resources, as quais indicam que um dos principais motivos de insatisfação dos clientes é, efetivamente, a má prestação de serviços. Estas conclusões também referem que 91% dos clientes insatisfeitos não irá voltar a utilizar o mesmo fornecedor de serviços se o puder evitar. Rahavendra afirma que para garantir que os clientes têm uma experiência positiva com uma marca, é necessária uma plataforma de serviço ao cliente sólida. “Deste modo, é possível não só satisfazer as necessidades dos clientes, em todas as interações com os mesmos, mas também permite que os representantes das marcas consigam lidar com situações complicadas, de forma eficiente.”

Rahavendra refere algumas dicas fundamentais para acelerar a experiência do serviço para o cliente, durante o muito movimentado período natalício:

•          Certifique-se de que os funcionários estão motivados
A época festiva não é só stressante para os clientes, mas também para os funcionários que estão a fornecer o serviço. Um simples sorriso de um funcionário a um cliente (pessoalmente ou mesmo ao comunicar por telefone) pode ter um impacto significativo na perceção da experiência do cliente. Isto é particularmente importante em negócios com centros de contacto relativamente grandes – o cliente deve receber serviço de qualidade, cordial e consistente, independentemente do representante pelo qual é atendido.

•          Adote os novos meios de comunicação
Com o crescente sucesso das redes sociais, a experiência do cliente referente a um serviço pode ser amplificada ou travada. Os negócios devem garantir que dedicam tempo e recursos suficientes para assegurar que os canais das redes sociais são monitorizados ao longo do dia e devem administrar cuidadosamente os tempos de resposta e o esclarecimento de questões. Se surgir um problema, sempre que possível, o mesmo deve ser resolvido offline, comunicando diretamente com o cliente. Contudo, todas as questões colocadas através dos meios de comunicação social devem ser respondidas online.

Muitas marcas optam por desativar as mensagens nas respetivas páginas de Facebook, uma vez que não é possível controlar as publicações. A DHL acredita em transparência e feedback imediato, por isso, apenas eliminamos os conteúdos difamatórios ou explícitos. Uma presença ativa nos meios de comunicação social é uma forma fantástica de nos mantermos em contacto com os clientes, em tempo real, pois estes passam muito tempo online. Permite-nos manter uma linha de comunicação aberta com os nossos clientes, mas, acima de tudo, é uma forma conveniente para os clientes entrarem em contacto com a marca.

•          Procedimentos de escalonamento transparentes
Com o aproximar do fim do ano, existe maior pressão relativamente ao tempo de execução previsto para a resposta às questões. Os clientes deverão conseguir aceder a diversos canais de escalonamento facilmente. Nos espaços retalhistas formais e com loja física, os gerentes e superiores administrativos devem estar sempre nos locais de atendimento aos clientes para resolver imediatamente situações mais complicadas. Quer online quer na cadeia de comércio, o modo de acesso aos gerentes seniores deve estar claramente definido para que os clientes não sejam sujeitos à frustração acrescida de localizar alguém que os possa ajudar.
Por exemplo, introduzimos uma funcionalidade, a melhor do género, no nosso website, a qual designamos por Straight to the Top (STTT [Diretamente ao topo]) – que permite aos clientes contactarem com toda a equipa de administração sénior da DHL Express até, inclusive, com a equipa regional de África, que pertence ao Conselho de Administração de África. O que importa é a acessibilidade e a velocidade da resposta a questões.

“Temos como mantra desenvolver a nossa atividade a pensar exclusivamente no cliente, pois acreditamos que a experiência de um cliente e a sua perceção da marca influenciam bastante não só se o mesmo se vai tornar, ou não, um cliente fiel e recorrente, mas também a forma como promove a empresa a outros potenciais clientes.  Portanto, prestar um serviço de grande qualidade desempenha um papel importante nas receitas de um negócio”, afirma Rahavendra.

Distribuído pela APO (African Press Organization) em nome da Deutsche Post DHL.

Contacto para os meios de comunicação social:
Megan Collinicos. Diretora: Publicidade e Relações Públicas, África Subsariana
DHL Express
Tel.: +27 21 409 3613 Telemóvel: +27 76 411 8570
megan.collinicos@dhl.com

DHL – A empresa de logística para o mundo