sábado, 25 de junho de 2016

ÚLTIMA HORA: BANDIDASCU AO MAIS ALTO NÍVEL NESTE GOVERNO DA DROGA. EM MENOS DE DUAS SEMANAS DE GOVERNAÇÃO JÁ FORAM DESVIADOS UNS BONS MILHÕES DE FRANCOS CFA. DESVIOS INCONTROLAVÉIS DO ERÁRIO PUBLICO . BREVEMENTE DOCUMENTOS E OUTROS ELEMENTOS

BACIRO LIAMBA DIA AINDA TEM DÍVIDA COM O HOTEL LEDGER
DE 24 MILHÕES DE FRANCOS CFA.

PARA O POVO ABRIR OS OLHOS

PARA QUE NÃO HAJAM 
DÚVIDAS, BACIRO DJA 
SÓ SE DEMITIU DO CARGO 
DE MINISTRO DA 
PRESIDÊNCIA QUANDO 
JÁ TINHA GARANTIAS 
DO DITADOR QUE 
SERIA ELE O PRIMEIRO 
MINISTRO.

ELE QUE NÃO TENTE ENGANAR NINGUÉM QUE FOI PORQUE VIU
QUE O BARCO ESTAVA MAL. ISSO TUDO É MENTIRAS DE LIAMBA DIA.
SE O BARCO ESTAVA MESMO MAL SERÁ QUE ELE SÓ SE LEMBROU
DISSO UM MÊS ANTES DO GOVERNO CAIR?

SE O PRIMEIRO GOVERNO É CORRUPTO ENTÃO BACIRO DJA ERA
UM DOS CHEFES DESSA CORRUPÇÃO PORQUE ERA A SEGUNDA
FIGURA.

OLHA PARA TERMINAR A CONVERSA DE HOJE NUMA BANCADA EM
PEFINE É PARA VOS MANDAR TODOS PARA A MERDA.

FRASE DE UM ANTIGO COMBATENTE:" PÁ JOMAV KU SI 15 FIDJUS TOMA PAIGC I PRICIS PÁ TUDO DJINTIS MURRI NAN NA PARTIDO. ÉSS É PUDI FASSI KI KÉ MÍSTI KU GOVERNO MÁ LI TAMBÉM NIM SI DINHEIRO DI KÉ."

EXCLUSIVO: SEGUNDO INFORMAÇÕES QUE DISPOMOS O PRESIDENTE DA REPÚBLICA TERÁ PRESIDIDO ESTA SEMANA O CONSELHO DE MINISTROS DO GOVERNO DA DROGA E DO CRIME ORGANIZADO

JÁ NÃO TÍNHAMOS DÚVIDAS QUE JOMAV GOSTAVA MUITO DOS SEUS
15 FILHOS E DOS PRIMOS DOS 15 O PRS, MAS COM ESTÁ ATITUDE O
PRESIDENTE DEMONSTROU O QUÃO VAZIO ELE É.

NADA KA STA NA JOMAV

PARA O POVO ABRIR OS OLHOS: PORQUE É QUE O DITADOR NÃO QUER RECEBER OS SEUS HOMÓLOGOS DA CEDEAO E ESTÁ A FUGIR PARA DUAS SEMANAS EM LISBOA? A ÚLTIMA CONFERÊNCIA DE CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA CEDEAO TINHA DECIDIDO VIR AQUI PARA BISSAU NA SEMANA SEGUINTE. JÁ SE PASSARAM TRÊS SEMANAS E O DITADOR AINDA NÃO CRIOU CONDIÇÕES PARA ELES VIREM PORQUE ESTÁ SEMPRE COM DESCULPAS. AGORA DIZ QUE VAI DESCANSAR DUAS SEMANAS ENTRE LISBOA E FRANÇA

JOMAV NÃO VAI FAZER 
APENAS DUAS SEMANAS 
NÃO E NÃO VAI FICAR 
SÓ EM LISBOA. ELE VAI 
ESTAR EM RABAT, LISBOA
E PARIS.JOMAV VAI 
FAZER NO MÍNIMO 
TRÊS SEMANAS.

OPINIÃO: A RAZÃO DO CONGELAMENTO PELO FMI É O RESULTADO DA INSTABILIDADE POLÍTICA CRÔNICA NO PAÍS. CADA ANO EXISTE UM GOVERNO NOVO.

Ou informamos ou (des)informarmos as pessoas

Só quem quer tapar céu com a mão que não sabe a razão do congelamento dos fundos prometidos na mesa redonda. Como alguns senhores a qual eu julgava que uma das suas nobre missão é de informar ao nosso povo para que eles possam lutar para edificação do verdadeiro estado democrático na Guiné .

Esta é a verdade mais que esta não existe:
Quem investe onde há instabilidade?
A razão do congelamento é a instabilidade governaria que reina na Guiné .
A.T

OPINIÃO: NÃO FAÇAM CÓPIAS COMPREM OS ORIGINAIS

Assim como um artista, um escritor ou um arquitecto orientam com dedicação e paixão a criação de duma obra prima de arte ou de música, um livro bestseller ou um edifício de linhas estéticas invulgares,  nao o fazem sem a colaboracao de vários intervenientes que directa ou indirectamente participaram na sua execução, creio que nao seria moralmente justo, nem justificável ainda que criminalmente o plagio é punido por lei se um desses intervienientes se atrevesse em apresentar tal feito como sendo autor de tal criação.

Assim como o programa do governo foi criado pelo PAIGC e seus militantes, na pessoa dos seus líderes DSP e CARLOS CORREIA, os engenheiros, e que foi aprovado por unanimidade na ANP, numa configuração parlamentar constitucinalmente legitima.

Por outro lado, mesmo imoralmente e abusivamente terem usurpado tais ideias e visões plasmados no" programa" será que os aspectos técnicos que serviam na epoca da sua elaboração e concretização do programa se mantiveram imutáveis? É que estes factores, para quem alguma vez elaborou e sabe o que o que é um programa, são factores determinantes para o sucesso da sua execução.

O montante orçamentado para a elaboração do programa se alterou? Nem preciso destacar a importância de tal montante para a sua execução.

Como vai ser financiado esse montante?  A questao da mobilizacao dos fundos...se antes os doadores de Bruxelas a o FMI se disponibilizaram, hoje já nao.

O mesmo programa vao ser apresentado, mesmo nestas condições?

O PRS TEM/TEVE ALGUM PROGRAMA?

É que eles tem "maioria parlamentar/governamental"...

Xê menino.nao fala política!


P.R

sexta-feira, 24 de junho de 2016

OPINIÃO: NOMEAR, NOMEAR E NOMEAR MAIS, MENOSPREZANDO E DESPREZANDO SEMPRE OS PRINCÍPIOS BÁSICOS DA DEMOCRACIA

por Abdulai Keita[*]

Existem alguns princípios BÊ-Á-BÁ’s da Democracia Parlamentar Representativa sem as quais este tipo de regime não pode funcionar na estabilidade. Pode-se fazer o que quiser.

Um deles é este: o combinado dos três princípios centrais de fidelidade, disciplina e compromissos de lealdade partidários (ou seja, o conjunto dos três princípios do funcionamento partidário nos regimes da Democracia Parlamentar Representativa)a saber: (1) o princípio de fidelidade e disciplina partidárias (a respeitar irrestritamente por todos os militantes de um partido político; (2) o imperativo do respeito irrestrito do princípio dos compromissos programáticos partidários (a respeitar irrestritamente pelo partido representado pela sua direção em exercício em cada período) e; (3) o imperativo do respeito irrestrito dos compromissos assumidos para com assuntos programáticos relevantes do partido (a respeitar por cada um dos militantes responsáveis ou dirigentes dos partidos políticos, investidos em postos de responsabilidade em como eleitos representantes do povo em nome das suas agremiações).

menosprezo/desrespeito deste conjunto de princípios, por exemplo, via,recurso às jogadas de dissidência; subterfúgio na categoria do deputado independente e tudo mais; criação de arranjos (acordos) e “maiorias absolutas”ex post eleição (ilegais) no Parlamento; criação de Governos de bel-prazer (porque não podendo ser controlados e fiscalizados eficazmente por ninguém), nunca levou ao funcionamento desejado nenhum na Guiné-Bissau. O nosso país conheceu 9 Governos do género no nosso passado bem recente nas V, VI e VII legislaturas. Todos findaram muito mal. Sem nenhum ter cumprido o período governativo visado. O Sr. Soares Sambú sabe bem isto. Participou em alguns (o1º da VI e 3º da VII).

Por isso estou muito cético enquanto às possibilidades deste Governo de poder tirar o nosso país na situação em que se encontra já há quase 10 meses neste momento. Pois, em vez de se seguir vias possíveis legais, está-se seguir esta ilegal. Resultante evidentemente desta via do menosprezo/desrespeito antes aludido. Esta que não trará/fará senão, tal como nos casos do nosso passado, mais um feio empurrão no sentido de mais um bocadinho de atraso para o nosso país todo. Grande tristeza!

Obrigado e boa sorte a todos nós bissau-guineenses (Mulheres e Homens).
Que a tranquilidade, paz e estabilidade governativa se instale neste nosso querido país do povo bom, a Guiné-Bissau.
Amizade.
A. Keita
1/2

OPINIÃO: OBRIGADO PÁPÁ JOMAV

Góssi na Guiné-Bissau nin si alguin bai casa di banho itã gardici JOMAV..., manelinho ganha eleiçon na FFGB i gardici si pape JOMAV. Nka sibi nundé ku nona bin bai pára deh, ma certeza Kila ntene si nô ka trava és grupos nô Guiné Kila nin pa finka pé ika cedu.
Boh odja kuma ku kussas na facidu na Guiné-Bissau? Ali nô sinta nô cala boca nô cruza mon nô na djubi. Utrus na fala Deus na djuda (Deus ta djuda kin ku misti pa djudal), utrus na fala elis ku sibi la( elis ba kin? Si terra tudo i di nós), utrus kuma nó kansa dja (boh kansa boh cala gora) utrus kuma i antis delis (elis ba kin si nó vota nan pa ika sedu só antis delis). Goôs na Guiné tudo kussa ku na disputado (independentemente de manera ki na facidu) basta bu ngosta na JOMAV bu ta ganha.
Ali boh na odja no na caminha pa ditadura mais sangrenta di história di humanidadi nô sinta nô cruza pé ku mon. No bai son Kila ki Guiné Bissau

Nta obi banan kuma guineense I povo corajoso eka ta medi nada (kussa ki até ta fia banan), ma nkana odja coragem nes pubis!! Kê kun na odja i pubis preguiçoso ku misti tudo kussa pa I bin otchan nunde ki sinta ou pedi Aós, amanhã, depus....
Basta alguin na patiu 2 chilim bu ta medi contal bardadi. És ki guineense di Aós ku amanhã.

Bom Fidju di Guiné-Bissau


WS

Enviado do meu iPhone

OPINIÃO: DÍVIDAS AO BANCO

Na um mumento nunde ku tudo djintis na pensa di kuma beneficiarios di compra di dividas di bancos ku facido pa Geraldo Martins i governo di DSP, na manda bos é lista suma kuma ku bo pudi odjal na anexo la bas. Provas di kuma nhu Jomav ku nhu Braima Camara i cé bandos di criminosos i mau gestoris, elis qui maioris beneficiarios des operaçon, so Braima Camara na kil dus Banco dibi 8.000.000.000 bilions de FCFA nhu Jomav 1.000.000.000 bilions de FCFA sin conta di kuma resto di bandidos di cé grupo ku intchi na lista. E manga di utrus falsos impresarios ku comerciantes ku si é paga é contas ena riba nundé ku é sai nel. 


MANTENHAS PA BOSSSSS 

S. Sanha

REFLEXÃO DO MÊS: O GOVERNO DO NARCOTRÁFICO LIDERADO PELO TAL PRIMEIRO MINISTRO QUE FOI NOMEADO ILEGAL E INCONSTITUCIONALMENTE NÃO TEM TEMPO PARA TRABALHAR NUM NOVO PROGRAMA PORQUE A COMPRA E VENDA DA HEROÍNA E COCAÍNA NO PAÍS TEM MAIS INTERESSE.

JOMAV DERRUBOU O 
GOVERNO DE SIMÕES PEREIRA 
POR QUE ESTE PROGRAMA 
TERRA RANKA SEGUNDO ELE
NÃO ERA BOM. 

AGORA ESTE GOVERNO DA 
DROGA SEM VERGONHA NA 
CARA VAI USAR O MESMO 
PROGRAMA SIMÕES PEREIRA 
E AÍ JÁ TEM O AVAL DO DITADOR.

SÉ POVO KA IABRI UDJU NONA 
BIM BATA KUMÉ COCO.

FRASE DO SÉCULO: OS GUINEENSES NÃO CONSEGUEM VIVER SEM A INTRIGA E A MENTIRA.

NÓS SEMPRE DISSEMOS QUE COM A ENTRADA DESTE GOVERNO DE NARCOTRAFICANTES A DROGA IRIA AUMENTAR NO PAÍS. NESTE MOMENTO NINGUÉM TEM CONTROLE DA QUANTIDADE DE DROGA QUE ENTRA CADA SEMANA

Este português que foi apanhado é apenas uma ponta do icebergue.

A NOSSA FONTE DIZ QUE NA VERDADE NÃO FOI UM KILO
MAS SIM MUITO MAIS.

JOSÉ MARIO VAZ DECIDIU FUGIR DOS CHEFES DE ESTADO DA SUB REGIÃO QUE TINHAM VISITA MARCADA PARA A PRÓXIMA SEMANA EM BISSAU PREFERINDO IR DESCANSAR A LISBOA. NESTE MOMENTO DE CRISE NÓS FICAMOS TODOS AQUI NA MERDA

A visita é privada, mas inclui na segunda-feira um ato público a convite da Presidência portuguesa
O chefe de Estado da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, viaja no sábado para Portugal para uma estada de duas semanas, anunciou hoje o palácio presidencial em comunicado.
A visita é privada, mas inclui na segunda-feira um ato público a convite da Presidência portuguesa.
"O chefe de Estado assiste, a convite do seu homólogo português, Marcelo Rebelo de Sousa, às comemorações dos 40 anos [de eleições presidenciais portuguesas] em democracia", refere o comunicado.
A cerimónia é o único ponto da agenda de José Mário Vaz a que o comunicado da Presidência guineense faz referência.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

VAI COMEÇAR EXPORTAÇÃO DE MANGAS PARA PAÍSES DA ÁFRICA OCIDDENTAL

A Guiné-Bissau vai passar a exportar mangas para os países da Africa Ocidental, variando assim os seus produtos de exportação, até agora apenas o caju, mas o processo de produção terá de ser melhorado.

O Presidente da Associação Nacional dos Agricultores da Guiné-Bissau (ANAG), Jaime Boles Gomes, esteve recentemente em Dacar, no Senegal, no certame ´Semana de Mangas´.

De acordo com Boles, em declarações à Agência de Notícias da Guiné (ANG)o encontro de Dacar foi uma boa oportunidade para o país: «Foi uma janela que se abriu para reforçar e encontrar uma alternativa ao caju, que tem sido até aqui o único produto de exportação.»

O Presidente da ANAG informou ainda que foi criada a Aliança Regional de Produção de Mangas da África Ocidental para Exportação, que congrega sete países da sub-região entre os quais a Guiné-Bissau, Gâmbia, Senegal e Guiné-Conacri, financiada pela Agência Americana de Cooperação e Desenvolvimento(USAID), e sob tutela dos Ministérios de Agricultura.

«As mangas que temos são oriundas de produção amadora e essa prática deve ser ultrapassada para ingressamos no sistema mais profissional, que visa seguir as exigência tecnológicas e científicas que permita aos nossos camponeses fazerem uma colheita de produtos de qualidade mediante as normas exigidas no mercado internacional», frisou à ANG.

Para Jaime Bolis «tudo isso passa pela colheita e boa conservação do produto para poder vir a ser comprado a bom preço no mercado internacional, e dar oportunidade a passagem à etapa de transformação de produtos agrícolas locais, criando empregos e outros benefícios ao país».

ÚLTIMA HORA: O PROGRESSO NACIONAL ACABOU POR DESCOBRIRUMA BOMBA GRANDE E POR ISSO NÃO SAIAM DO VOSSO BLOG QUERIDO. SABEM PORQUÊ É QUE JOMAV FEZ ESTÁ A FAZER ESTA LUTATODA? QUEM É QUE JOMAV ESTA A TENTAR PROTEGER PARA NÃO IR A CADEIA DESDE O CONGRESSO DE CACHEU? PORQUE É QUE O DITADOR SÓCOLOCOU OS PERDEDORES DO CONGRESSO DE CACHEU COMO CONSELHEIROS. TODA A VERDADE AQUI NO SEU E NOSSO BLOG.

ÚLTIMA HORA: SAKUR ÓÓÓ BURRO I BURRO SOM. O GOVERNO DA DROGA QUER LEVAR PARA APROVAÇÃO NO PARLAMENTO O PROGRAMA TERRA RANKA DE DOMINGOS SIMÕES PERREIRA. ESTES GAJOS SÃO CAMBADAS DE OTÁRIOS... AFINAL O PROGRAMA DE DOMNGOS ESTAVA BOM NÃO É? NEM CAPACIDADE TEM PARA FAZEREM O VOSSO PRÓPRIO PROGRAMA.POUCA VERGONHA TEM LIMITES. VOCÊS PENSAM QUE COM O PROGRAMA DE DOMINGOS VÃO CONSEGUIR OBTER O DINHEIRO DA MESA REDONDA. SINCERAMENTE BURRO I BURRO SON. ESTE GOVERNODE NARCOTRÁFICO TEM OS SEUS DIAS CONTADOS.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

EXCLUSIVO: COM O NOVO GOVERNO LIDERADO POR LIAMBA DJÁ O NOSSO QUERIDO PAÍS VOLTA A ESTAR NAS MÃOS DO CRIME ORGANIZADO E O NARCOTRÁFICO. CADA DIA QUE PASSA EXISTEM MAIS EVIDÊNCIAS DO RESSURGIMENTIO DO TRÁFICO DE DROGA NO PAÍS.

Pedimos ao presidente da República que diga ao nosso povo como é que vai dar resposta a esta situação. Pior que a corrupção no país e a vaga de droga que voltou a denegrir a imagem do nosso país. O progresso nacional está disposto a trabalhar para limpar esta ma imagem do nosso país.

PARA MAIS TARDE RECORDAR:"TODA A HISTÓRIA POLÍTICA NA GUINÉ-BISSAU FOI FEITA DE TRAIÇÕESE VINGANÇAS E DAÍ O PAÍS CONTINUA NO FUNDO DO POÇO." CALÚNIA TRAIÇÃO ÓDIO VINGANÇA

EXCLUSIVO: APESAR DE O DITADOR TER DITO QUE OS JUIZES SÃO TODOS CORRUPTOS ELE TEM ESTADO A COLACAR RIOS DE DINHEIRO PARA QUE DESTA VEZ O TRIBUNAL NÃO DIGA QUE A NOMEAÇÃO DE BACIRO DJA FOI ILEGAL E INCONSTITUCIONAL. MAS SE ISTO ACONTECER NINGUÉM MAIS ACREDITARÁ NA JUSTIÇA GUINEENSE. LI DJANAM TUDO DJINTIS NA SIBI KUMA DINHEIRO SON KU TA KONTA.

ÚLTIMA HORA: O RELATÓRIO FINAL SOBRE O FUNPI, O IMPOSTO MAIS ROUBADO NA HISTÓRIA DO IMPOSTO NA GUINÉ-BISSAU ESTÁ A SER ADULTERADO POR ESTE NOVO GOVERNO DO NARCOTRÁFICO QUE QUER PROTEGER BRAIMA CAMARÁ O MAIOR RESPONSÁVEL POR ESTE CRIME.

O GOVERNO DA DROGA PRETENDE CONTINUAR COM AS PRISÕES ARBITRÁRIAS ATRAVÉS DO PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA ANTÓNIO SEDJA MANCO, UM BANDISSILON ASSUMIDO QUE DESVIOU MUITOS MILHÕES DE FRANCOS CFA NA COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES.

terça-feira, 21 de junho de 2016

BISSAU KILA DANA DJA PABIA GOSSI NIM NA BU CASA BU KATA PUDI STA AVONTADE PABIA I TEM DJINTIS KU PREPADO SO PA INTIMIDA DJINTIS NA SE CASA. BO PARA DANA TERRA

CONVITE DA UNIVERSIDADE AMILCAR CABRAL

Convite

A Universidade Amílcar Cabral - UAC tem o prazer de o (a) convidar para a cerimónia de inauguração da sua Biblioteca Geral, evento que será marcado pela entrega de livros doados pelo Professor Russel Hamilton e família.
Russel Hamilton, um grande amigo da Guiné-Bissau, falecido a 27 de Fevereiro do corrente ano, foi Professor Catedrático da Universidade de Vanderbilt – Nashville, Tennesee - nos USA, tendo dedicado grande parte da sua vida académica aos estudos sobre a Literatura Africana de Expressão Portuguesa, da qual foi um dos maiores especialistas.
A cerimónia terá lugar na Biblioteca da UAC, junto ao Anfiteatro da Faculdade de Direito de Bissau, no dia 23 de Junho, às 10:00 horas


PROGRAMA

10h00  -  Palavras de boas-vindas - Doutora Zaida Pereira, Reitora da UAC;
10h15  - “Russel Hamilton: O legado de um crítico pioneiro das literaturas africanas de expressão portuguesa”. Por Fernando Arenas, Professor de Literatura da Universidade de Michigan, USA
10h30 -  “O papel do escritor na criação da identidade nacional guineense”. Por Abdulai Silá, Engenheiro, Escritor e Cavaleiro da Ordem das Artes e Letras de França
10H45- Assinatura do Protocolo UAC - INEP
11h00 -   Encerramento: Doutor Raúl Mendes Fernandes, Vice-Reitor  da UAC
Porto de Honra

O NARCOTRÁFICO ESTÁ A GANHAR PROPORÇÕES INCRÍVEIS NO NOSSO PAÍS:CADA SEMANA DESCE UM AVIÃO CHEIO DE DROGAS NO PAÍS.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

AS FORÇAS DO MAL CONTINUAM A UTILIZAR O PROCURADOR ANTÓNIO SEDJA MANCO PARA REALIZAR OPERAÇÕES DE DETENÇÃO DOS MEMBROS DO GOVERNO DE CARLOS CORREIA.

ÚLTIMA HORA: JOMAV RECEBEU ONTEM Á NOITE MAIS DE 3 MILHÕES DE USD DE MARROCOS COM O ÚNICO ODJECTIVO DE CORROMPER OS DIRIGENTES DO PAIGC.

Progresso Nacional quer  alertar aos dirigentes  do PAIGC para serem homenzinhos e não aceitarem as migalhas que o Jomav vai vos dar. JOMAV na kumprau dipus i na botau na lixo.

UM PAÍS A VIVER NUM SISTEMA QUE NÃO É PRESIDENCIALISTA MAS SIM DITATORIAL. PORQUE NO SISTEMA PRESIDENCIALISTA SEGUNDO OS NOSSOS JURISTAS AINDA EXISTEM REGRAS. AQUI NA GUINÉ-BISSAUESTAMOS TODOS A VIVER NA DITADURA.

PAIGC RECORRE AO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇAPARA QUE DECLARE INCONSTITUCIONAL O GOVERNO.

O Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC, partido vencedor das últimas eleições legislativas) voltou a pedir ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ) que declare inconstitucional o atual Governo nomeado no início do mês por José Mário Vaz.

Na sexta-feira deu entrada no STJ uma petição, na qual se pede àquela instância, na qualidade de Tribunal Constitucional, que aprecie a nomeação do novo executivo.

A 3 de junho o mesmo pedido tinha sido tentado através de um requerimento dirigido ao STJ, mas do qual o PAIGC desistiu a favor do atual processo.

O Presidente da República, José Mário Vaz, e o PAIGC, vencedor das eleições de 2014, estão em conflito há cerca de um ano.

Desde então, o chefe de Estado já demitiu dois governos do referido partido e deu posse, no início de junho, a um novo executivo.

No entanto, o PAIGC quer que a medida seja declarada inconstitucional.

OPINIÃO:Guineense di Aós!!!!

Góssi na Guiné-Bissau nin si alguin bai casa di banho itã gardici JOMAV..., manelinho ganha eleiçon na FFGB i gardici si pape JOMAV. Nka sibi nundé ku nona bin bai pára deh, ma certeza Kila ntene si nô ka trava és grupos nô Guiné Kila nin pa finka pé ika cedu.
Boh odja kuma ku kussas na facidu na Guiné-Bissau? Ali nô sinta nô cala boca nô cruza mon nô na djubi. Utrus na fala Deus na djuda (Deus ta djuda kin ku misti pa djudal), utrus na fala elis ku sibi la( elis ba kin? Si terra tudo i di nós), utrus kuma nó kansa dja (boh kansa boh cala gora) utrus kuma i antis delis (elis ba kin si nó vota nan pa ika sedu só antis delis). Goôs na Guiné tudo kussa ku na disputado (independentemente de manera ki na facidu) basta bu ngosta na JOMAV bu ta ganha.
Ali boh na odja no na caminha pa ditadura mais sangrenta di história di humanidadi nô sinta nô cruza pé ku mon. No bai son Kila ki Guiné Bissau

Nta obi banan kuma guineense I povo corajoso eka ta medi nada (kussa ki até ta fia banan), ma nkana odja coragem nes pubis!! Kê kun na odja i pubis preguiçoso ku misti tudo kussa pa I bin otchan nunde ki sinta ou pedi Aós, amanhã, depus....
Basta alguin na patiu 2 chilim bu ta medi contal bardadi. És ki guineense di Aós ku amanhã.

Bom Fidju di Guiné-Bissau

domingo, 19 de junho de 2016

PINIÃO: ESTRATÉGIA POLÍTICA DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA.

O objectivo do ditador  é claro: conquistar ou destruir todos aqueles que estão ao arredor de DSP para que ele se torna numa presa mais fácil. Se não conseguir conquistar então vai destruir.O grupo que apoia o ditador tem no pressionado no sentido de avançar com a estratégia política de tentar deixar o líder do PAIGC sozinho.O caso do Botche foi uma conquista para o ditador porque conseguiu corromper alguém que tem um espírito fraco.Infelizmente não conseguirá a mesma coisa com outras pessoas de núcleo duro do DSP tais como, Zé António, JBV, GM, Idelfonso, Cadi Seide, Luis Manuel Cabral e por isso a estratégia é humilhar para acabar os remeter ao silêncio.
Por isso esta gente não pode ficar em silêncio e têm que contra atacar. O Jomav não pode estar a fazer este jogo todo e sair vitorioso. Eu pessoalmente não acredito no tribunal e até axo que o tribunal vai dar razão ao JOMAV. Portanto a única forma de sobrevivência é a equipa do DSP continuar a luta pela democracia. Que Deus vos ajude.

Jorge Danso

OPINIÃO:PERGUNTA AO SENOHOR ZECA

Mas pergunto o JOMAV pensa que o povo guineense são todos burros.
O Botche que ele não queria no governo do PAIGC por incompetência agora pode ser salvador da pátria no governo liderado por ""ELE" .  Asson para pubis ka burro.


AT

PALAVRA PARA MAIS TARDE RECORDAR: O DESENVOLVIMENTO DE UM PAÍS DEPENDE DO SEU POVO TEM AQUILO PELO QUAL LUTA. QUANDO QUERÍAMOS SER INDEPENDENTES LUTÁMOS PARA TAL SEM VERMOS RAÇA E COR DA PELE. E ISSO JÁ HÁ MAIS DE 50 ANOS.AGORA SE QUISERMOS A PAZ E A ESTABILIDADE TEMOS QUE LUTAR POR ELA.

PROGRESSO NACIONAL UM BLOG QUE VEIO PARA FICAR.

RIGOR

ISENÇÃO

CREDIBILIDADE

TRANPARÊNCIA

IMPARCIALIDADE

sábado, 18 de junho de 2016

"PALAVRA DA SEMANA:KU TRAIÇÃO DE BOTCHE A SI PARTIDO NÔ PASSA NA SIBI KUMA HOMIS KA TEM NA GUINÉ-BISSAU.TUDO TENE SI PREÇO".

GUINÉ-BISSAU JÁ NÃO É SO UM PAÍS DE TRÁFICO DE DROGA.

Bissau, 18 jun (Lusa) - Um grupo de jovens prepara, fuma e vende 'cannabis' sem medo da polícia num recanto do Bairro de Reno, em Bissau, em pleno dia e apenas com uma fina chapa de zinco a fazer de portão.
"Às vezes, a polícia vem aí, mas nós pagamos qualquer coisa e eles vão se embora", refere o traficante que lidera a operação, enquanto um outro se oferece para vender pedras de 'crack' (cocaína cristalizada).
Este derivado, também chamado de 'quisa', é "mais caro" e está guardado "em casa, ali ao lado", não faz parte do 'buffet' de "erva" daquele recanto.
Sentado num banquinho, com toda a calma do mundo, um rapaz vai enrolando cigarros e pacotes de folha de 'cannabis' picada, apoiado num tabuleiro de plástico, colocado sobre os joelhos e onde dispõe papel de cigarro, canivete e demais materiais e utensílios.
Mostra o produto e garante que é nacional, de excelente qualidade: plantado em São Domingos, norte da Guiné-Bissau, transportado de carro em fardos até Safim, às portas da capital, onde passa para carrinhos de mão, de forma a contornar olhares indiscretos na alfândega.
Chega ao Bairro Militar, em Bissau, depois de empurrado pela força de mãos, por entre campos de arroz, ao longo de sete quilómetros.
No final, aquele rapaz saca de um isqueiro e experimenta a 'liamba' (outra designação dada à 'cannabis'), que partilha com amigos, tudo "sem stress".
Por entre um labirinto de casas de adobe e barracas, lixo e esgotos, a droga circula livremente -- e a zona nobre da capital está a cinco minutos de caminhada a pé.
"A Guiné-Bissau não é apenas um país de trânsito. Também há consumo de droga e é preciso dar atenção a este problema", refere um sociólogo guineense do Instituto Nacional de Saúde Pública (INASA) que durante um estudo ficou com a perceção de que o número de toxicodependentes está a crescer.
Abílio Aleluia, 35 anos, passou a tomar contacto regular com esta realidade para realizar um dos raros trabalhos sobre a prevalência do consumo de drogas no país -- onde não há registos, dados históricos ou outras informações arquivadas sobre o fenómeno.
O estudo surgiu como tese de mestrado em Lisboa e agora levou-o a criar o Observatório Guineense da Droga e da Toxicodependência, que por enquanto só existe no papel (registado no notariado em abril) e aguarda por patrocinadores para começar a funcionar.
Abílio conduziu inquéritos a 90 consumidores entre os 15 e os 25 anos durante dias a fio em 11 bancadas (pontos de convívio, nalguns dos quais também se vende droga) da capital, onde cresceu, e nos arredores.
Descobriu que a 'cannabis' e 'crack' são as drogas mais baratas e mais consumidas. Uma pedra de 'quisa' custa 2.500 francos CFA (3,8 euros) e a 'liamba' pode ser comprada a partir de 300 francos CFA (alguns cêntimos de euro).
"Ouvi relatos de alguns toxicodependentes que começaram a consumir de forma precoce, como uma brincadeira entre amigos, aos 10 anos de idade, num ambiente familiar permissivo", relatou.
As relações "não ficaram muito afetadas quando os pais e encarregados de educação descobriram o consumo de drogas" porque "as contribuições financeiras do tráfico" ajudam a sustentar os agregados familiares. Se entrar dinheiro, o consumo é menosprezado.
O novo observatório pretende trabalhar na prevenção junto das escolas e na recolha de dados.
"É importante que a Guiné-Bissau passe a ter uma estratégia para acompanhar este assunto", destaca Abílio Aleluia.
Por outro lado, a comunidade internacional "está muito centrada no tráfico de cocaína" e ninguém presta atenção "à liamba que circula em todo o país", lamenta Domingos Tê, 67 anos, pastor evangélico, diretor do único centro de tratamento de toxicodependentes do país.
"O negócio começa a ganhar maiores proporções, o consumo cresce e provoca alterações de comportamento graves", refere, de acordo com os casos que acompanha.
O centro nunca tem mãos a medir e acolhe sempre entre 60 a 70 pessoas -- muito mais do que as parcas condições permitem.

Lusa

AHAHAHAHA